gallery/fcbook
gallery/instagram
gallery/foto-capa6

Meu curso de italiano na Itália

Antes mesmo de começar a estudar alemão eu já estudava italiano, mas quando me mudei pra Alemanha e o alemão se tornou a língua mais importante, acabei deixando o italiano de lado. Até que eu decidi fazer um curso intensivo de italiano na Itália e neste post vou contar como foi esta experiência.

 

Morar na Alemanha me abriu algumas portas que com certeza estariam fechadas se eu ainda estivesse morando no Brasil. E uma delas foi aprender italiano na Itália. Em janeiro de 2016 eu me mudei pra cidade de Camerino, na região de Marche, onde estudei italiano na Scuola Dante Alighieri por um mês.


A escola oferece no começo de cada mês um programa que dura 4 semanas, com curso intensivo de italiano, moradia e passeios. Eu cheguei no dia 3 de janeiro no aeroporto Roma-Fiumicino, onde me juntei com os outros estudantes. Juntos fomos com um ônibus organizado pela escola a Camerino. A moradia também foi organizada pela escola Dante Alighieri e eu dividi o apartamento com 3 outras estudantes: duas argentinas e uma mexicana.

Gostou do artigo?

Compartilhe!

Posts relacionados:    Dicas de trabalho para estudantes na Alemanha   ~    Engordei muito na Alemanha 

                                                                                                                                                FSJ: voluntariado na Alemanha

Todos os dias de segunda a sexta-feira, geralmente de manhã, tínhamos aula de italiano, cada uma no seu nível. A tarde tínhamos atividades diversas: passeios, festas, palestras, entre outros. Nos finais de semana fazíamos viagens mais longas e visitamos cidades como Roma, Bolonha e Florença. Aqui alguns locais que visitamos:

gallery/meucursodeitalianonaitalia2
gallery/meucursodeitalianonaitalia4
gallery/meucursodeitalianonaitalia6

Em casa nossa língua de comunicação era o italiano. Mesmo já estando no nível A2 e já ter estudado italiano por um longo tempo eu não falava quase nada no começo. Depois de uma semana mais ou menos eu já conseguia me comunicar muito melhor e fui melhorando com os passar dos dias. Além dos passeios e festas organizadas pela escola, eu e minhas colegas de apartamento nos tornamos clientes fixas no barzinho da cidade, onde pudemos provar as especialidades da região e pôr nosso italiano em prática conversando com pessoas da cidade.

 

Na última semana teve uma noite internacional, onde os estudantes puderam apresentar comidas e bebidas tradicionais do seu país. Os brasileiros foram divididos em grupos e o grupo que eu estava ficou responsável pelos brigadeiros e pela caipirinha. E no último dia houve a cerimonia de entrega dos certificados.

 

Depois que terminou o curso aproveitei que já estava na Itália e fui passear um pouco. Visitei a cidade de Melara, onde meu tataravô paterno nasceu, visitei uma prima e sua família na cidade de Seregno e por fim passei uns dias com uma amiga italiana que mora em Torino.

 

Estas semanas que passei na Itália foram inesquecíveis. Conheci pessoas que se tornaram grandes amigos e me surpreendi com a minha evolução no idioma italiano.

 

Devido aos terremotos que ocorreram na região de Marche no ano de 2016 a escola precisou se mudar para outra cidade e se encontra agora em Recanati, que fica a 70 km da antiga cidade Camerino. Os professores e funcionários eram super atenciosos e incentivavam muito os estudantes a sempre se comunicar em italiano. Com certeza recomendo a Scuola Dante Alighieri pra quem quiser se aprofundar mais na língua italiana.

 

Você já passou por uma experiência parecida? Deixe seu comentário aqui embaixo!

 

Autora: Fabíola Testoni

12/01/2017

gallery/meucursodeitalianonaitalia3
gallery/meucursodeitalianonaitalia5

A maioria dos passeios já estava inclusa no pacote oferecido pela escola. Somente alguns passeios, nos que fomos para cidades mais distantes, eram pagos a parte.


Na escola conheci pessoas de diferentes nacionalidades: muitos argentinos e mexicanos, australianos, uruguaios, paraguaios, uma menina turca e claro, muitos brasileiros!

gallery/d9c32ddda3c88332f7d63d888f58f8fd.lock