gallery/fcbook
gallery/instagram
gallery/foto-capa6

Quando a Alemanha volta a ficar verde

É muito lindo mesmo ver toda aquela neve lá fora e sentir o ar frio no rosto durante o inverno. Mas o clima que rola no ar quando a neve derrete e as flores começam a nascer novamente é indescritível.

Gostou do artigo?

Compartilhe!

gallery/d9c32ddda3c88332f7d63d888f58f8fd.lock

Conte aqui pra gente o que é a primeira coisa que você faz quando a primavera começa e o sol volta a raiar!

 

 

Autora: Fabíola Testoni

23/04/2017

Quando os primeiros flocos de neve caem, anunciando a chegada do inverno, é uma alegria sem fim. Os últimos meses foram quentes, intensos, cheios de aventuras e agora começa a estação mais aconchegante do ano. A estação perfeita pra tomar um chá quente, lendo um livro debaixo das cobertas sentada no sofá. O primeiro mês é um delícia, tudo branquinho lá fora e um chocolate quente torna o momento ainda mais gostoso. A neve cria paisagens maravilhosas!

 

Dezembro: o natal e suas velas acesas chegando pra aquecer os corações. A virada de ano renova as esperanças. A promessa de um ano melhor! Em janeiro o frio e a neve já não são mais novidade e os dias cinzas, na verdade, já estão me entristecendo um pouco. Chega de chocolate quente, o que a gente quer agora é queimar todas as calorias do natal. Os dias são tão curtos: de manhã cedo ainda está escuro, passo o dia no trabalho e quando volto, já está escuro de novo. O tempo passa tão devagar. Acaba logo janeiro! Acaba logo fevereiro!

 

A previsão do tempo diz temperaturas acima de zero esta semana. Até que enfim! Não aguento mais ficar em casa. Eu quero é ver o sol!

Ah sol! Tanto tempo que não te vejo! A tal da vitamina D está fazendo falta. Muita calma, logo logo chega a primavera.

 

Ouvi um passarinho? Sim, os passarinhos estão voltando. Eles fugiram do frio, voaram pra bem longe e agora estão voltando, trazendo os raios de sol nas asas. Os dias já não estão mais tão cinzas e as cores da primavera começam a aparecer. Amarelo, vermelho, rosa e verde, muito verde. A lembrança de um mundo colorido.

 

O sol resolve dar as caras. É hora de deixar o casaco e as luvas de lado e sair da toca. Falando em sair, até parece regra: quando o primeiro raio de sol aparecer no horizonte, todos devem deixar suas casas. Parece um campo magnético puxando todos para as ruas (e não dá pra resistir!). Os cafés e os parques enchem, o metrô lota, carros com as janelas abertas passando e aquele cheirinho de carne grelhada no ar.

 

Passo pela casa do vizinho: festa no quintal e música alta. Crianças brincando. Sinais de vida! Há tanto tempo que era só silêncio nessa rua.

É hora de encher os pneus da bicicleta e pedalar. É hora de calçar os tênis e correr. É hora de fazer o que você quiser. O importante é ir, pois o sol está chamando.

 

Tem coisa melhor do que sair de casa só com um shortinho e uma blusa? Óbvio que tem! Mas naquele momento, depois de meses usando aquelas roupas e botas pesadas, não há sensação melhor do que pôr as havaianas e sair. Dá uma sensação de liberdade, de leveza. Aquela felicidade em simplesmente fazer um piquenique no parque com os amigos. A gente nem precisa de muito pra ser feliz, não é?

 

É primavera e a natureza faz questão de dar o seu espetáculo. A cada minuto uma flor nova, um galhinho que cresce, uma folha nova que nasce e a Alemanha toda ficando verde novamente. E de alguma forma, assim como a natureza, as pessoas tornam a ficar mais coloridas também...

gallery/quandoaalemanhavoltaaficarverde1
gallery/quandoaalemanhavoltaaficarverde3